Yoga e Antroposofia em Arraial D’ajuda

UM DIÁLOGO ENTRE YOGA E ANTROPOSOFIA com Dr. Corrado Bruno, Renata Ventura e Mario Reinert
De 25 a 29 de maio de 2016 em ARRAIL D´JUDA.

Há muito em comum entre o Yoga e a Antroposofia. Rudolf Steiner, fundador da Antroposofia, buscou seus conhecimentos na Teosofia, escola que tinha como base os ensinamentos do oriente mais especificamente a Filosofia Indiana. Fez diversas palestras de temas tais como o Karma, a Bhaghavad Gita entre outros.

Nossa proposta é criar uma oportunidade de troca entre estas filosofias tão ricas, ampliando nossas visões no caminho do auto-conhecimento.

Neste encontro além das práticas de Yoga, meditações, teremos palestras sobre os termos Karma e Dharma, dua palavras que tem um peso enorme no caminho do auto-conhecimento.

A palavra Karma significa ação e não é boa nem ruim em si, qualquer ação é um karma, lavar a louça, caminhar, levantar são karmas. Mas a palavra ficou mais conhecida como a lei da ação e reação, a cada ação feita, recai sobre o agente da mesma, mais cedo ou mais tarde, as consequências desta ação. Por isso, acaba-se por entender Karma como algo pesado, alguma consequência ruim que teremos que carregar por nossa vida. Em nossos encontros vamos entender exatamente o que é Karma e com lidar com ele, sem o peso que a falta de compreensão do termo nos impõe.

Já a palavra Dharma, significa “aquilo sem o que, nada consegue permanecer”, ou seja, o que perpetua a existência. Nos textos sânscritos, aparece como sinônimo de lei, religião, função entre outros. Encontrar nosso Dharma é fundamental para uma realização em vida e, é por meio do Dharma que propósitos maiores e espirituais encontram seu caminho.

Venha compreender melhor sua própria existência e perceber que é possível mudar nosso destino por meio de um caminho de mais consciência que o Yoga e a Antroposofia proporcionam.

Aulas de Yoga, meditações, pranayamas e palestras traçando um paralelo entre o Yoga e Antroposofia.

A palavra Karma significa ação e não é boa nem ruim em si, qualquer ação é um karma. Lavar a louça, caminhar, levantar são karmas. Mas a palavra ficou mais conhecida como a lei da ação e reação, a cada ação feita, recai sobre o agente da mesma, mais cedo ou mais tarde, as consequências desta ação.

Acaba-se por entender Karma como algo pesado, alguma consequência ruim que teremos que carregar por nossa vida. Em nossos encontros vamos entender exatamente o que é Karma e com lidar com ele, sem mal entendidos.

Já a palavra Dharma, significa “aquilo sem o que, nada consegue permanecer”, ou seja, o que perpetua a existência. Nos textos sânscritos, aparece como sinônimo de lei, religião, função entre outros. Encontrar nosso Dharma é fundamental para uma realização em vida e é por meio do Dharma que propósitos maiores e espirituais encontram seu caminho.

Aulas de Iyengar e Ashtanga Yoga, Retiros, Workshops, Formação em Yoga, Meditação, Filosofia, Sânscrito.